Está aqui

Muito austera e rigorosa tal como os donos, a sobriedade predomina, apesar disso foi possível através do pormenor atribuir valor acrescentado à solução. A articulação interior-exterior, através do desenho de pormenor da caixilharia marcou a solução. O pragmatismo fez-nos trocar a madeira por tijoleira e a relva por sintético, ai eu não gostei, mas estou “assimilar” a questão, sobre a verdade dos materiais. Da desconfiança inicial resultou como é habitual uma excelente relação ao ponto de gratificarem o Arquitecto , para além do que foi acordado, atitude muito simpática e que sensibilizou imenso.