Portfólio

Falta-lhe o “irmão gémeo”, vai arrancar já em Novembro (2018) …A solução foi pensada para ser articulada com outra casa térrea, mal posse espera, e

A casa é isolada com cave completamente desobstruída no tardoz do terreno que fica a sul .

Edifício interessante dos anos 50 a que corresponde a transição das Igrejas com Nave e Transepto para as soluções de desenho livre.

Notícias

Tratam-se das obras de acabamentos de edifício de gaveto remate de quarteirão do mercado do peixe da Costa nova .

Falta concluir as redes de águas e saneamentos assim como o assentamento das louças sanitárias.

As carpintarias estão a ser colocadas , assim como os remates e equipamentos das cozinhas.

São quatro apartamentos em duplex com tipologias de T1 a T2 , que substituiram uma moradia T3 também em duplex.

Como elemento de excepção criou-se uma métrica de listas materializadas por uma pele de zinco agrafado, interrompido pelos vãos das moradias em duplex , marcando uma métrica clara de remate.

Esta construção é realizada no sistema de aço leve - Light Steel Framing , que normalmente apelidamos pelas iniciais LSF. As vantagens são a rapidez de construção e elevados performances de conforto nomeadamente na térmica e acústica. A casa predominante térrea, tem um primeiro piso que surge para resolver as questões de estética. As fundações e laje do piso térreo é em betão, com caixa de ar sanitária, sobre o qual assenta a estrutura de aço leve. A seguir será plado o OSB hidrofugo neste caso e sistema ETICs (isolamento térmico pelo exterior) . O miolo interior tem lâ de rocha de alta densidade. Embora não sendo possível , o aspecto do edifício com o OSB é muito bonito, quase apetecia deixar a construção nesta fase.

Num pretexto de melhor servir a cidade o restaurante o Legado da Ria esta a proceder a obras de melhoramento. As alterações efectuadas além de criarem uma imagem clara têm por objectivo introduzir no desenho do espaço elementos característicos da ria de Aveiro nos seus usos e costumes.

O SUBENSHI Restaurante de Sushi, nasceu num espaço de “bar” restaurante adaptado, num edifício promovido pela “Sociedade Imobiliária e turística do Côjo SA”, construído pela firma Teixeira Duarte SA, e da Autoria do Arquitecto Regino Cruz.
Desde cedo o espaço revelou-se “curto” para a ambição da BEYONDLEAVES SA , a este juntaram-se outras lojas vizinhas e seguiram-se estudos acompanhados de desenhos com o aperfeiçoamento dos métodos de trabalho para a optimização da qualidade de serviço para os clientes .