Está aqui

Toda a cidade de Aveiro e particularmente o seu centro sofre da
proliferação de um "falso estilo de arquitectura", tal como acontece um
pouco por tudo o pais.
Recorre-se ao uso de formas de arquitectura do passado, em particular com
recurso ao classicismo e Arte Nova (embora existam exemplares notáveis de
autentica Arte Nova, na Rua Barbosa Guimarães e Rua João Mendonça).
Esta situação é bastante evidente em toda a Avenida Dr. Lourenço
Peixinho, (aberta em 1920) onde começaram a proliferar tais edifícios, pelo
que se torna então premente contrariar esta situação.
Tenta-se levar as pessoas a questionar esta realidade, dando o exemplo, o
que vai suceder na zona central da cidade.