Está aqui

A fábrica Jerónimo Pereira Campos e Filhos, começou a laborar
sensivelmente por volta de 1896.
O notável edifício , é da autoria do Arquitecto José Maria Olímpio
residente na cidade do Porto.
O objectivo desta fabrica era o fabrico de telhas do tipo "Marselha" e
produtos correlativos.
Entre 1907 e 1923, procede à aquisição de terrenos para assegurar o
acesso ao caminho de ferro e à matéria prima principal , o barro retirado
do local onde a fábrica veio a ser fundada.
Pelo menos até ao ano de 1960 o canal foi intensamente utilizado por esta
firma, para o transporte de toda a espécie de produtos, desde produtos
cerâmicos, barros refractários, lenha e outros combustíveis.