Está aqui

Este povoado estável, teve por base económica a laguna e o mar, com um
importante tráfego marítimo, a produção de sal e ainda a exploração dos
solos agrícolas situados a sul da cidade.
As duas Portas mais importantes, da muralha, eram aquelas que serviam
o eixo constituido pela rua da Costeira e a rua Direita - de seu nome Porta
da Vila a Sul e Porta da Ribeira a Norte .
A porta da vila, onde em frente da qual se situava a Capela do Espírito
Santo e que dava inicio ao bairro "de cimo de Vila" . Bairro tipicamente
agrícola, deu origem a um Povoamento do tipo linear
A Norte a porta da Ribeira junto à qual se situava o centro cívico
(atrás referido ) localizava vários edifícios públicos ; a Igreja de S.
Miguel ; a Albergaria de S. Braz ; a Casa Municipal ; o Palácio dos Tavares
e Igreja de Sta Maria da Misericórdia.