Está aqui

 

Tendo por base dois elementos fundamentais o homem e a terra, no presente e no desenvolvimento histórico comenta ainda o seguinte: " variam as condições, é diferente a circunstância Portuguesa, os homens de hoje não são iguais aos de ontem nem os meios de que eles se servem para se deslocar ou viver, como diferente são ainda as suas ideias sociais, políticas ou económicas. Sendo tão forte o grau dessas variações, porque não hão-de ser outras, muito outras, as soluções a encontrar para os portugueses de hoje? Para quê teimar

 

A insistência, na necessidade da adequação da Arquitectura Moderna à realidade Portuguesa é uma constante do discurso do Arquitecto Fernando Távora, tal como foi preconizado nos CIAM dos anos cinquenta, incentivando-se os valores Regionais. No edifício público são nítidas as influências italianas, sobretudo de Ignazio Gardella e Franco Albini. As preocupações de Albini e Gardella eram sobretudo a integração dos ...

 

O edificio-torre, tem influência na arquitectura de E. Rogers, em particular da sua obra principal a torre Velasca em Milão, também com a mesma preocupação de resumir a atmosfera cultural da cidade, através da sua carga histórica tal como afirma o seu autor. O livro "Venezia Minore" de Renata Trincanato, influenciou muito o arquitecto Távora pelo modernidade e funcionalidade das soluções encontradas. É de referir que este livro é sobre as construções mais modestas, o que provoca ...

 

Para a execução do plano estava previsto um grande número de demolições. Todos os edifícios situados a sul da Praça do Comércio tiveram que ser demolidos para construção do edifício Municipal. Previa-se também grande número de demolições junto ao côjo, na rua Caçadores 10, próximo do local onde se pretendia construir a torre. O estudo de cérceas prevê um acerto global das alturas dos edifícios, o que leva a deduzir que todos os edifícios de Arte Nova seriam destruídos.

 

O Município durante a execução do Plano Director optou por recorrer a indeferimentos argumentando problemas estéticos, ou a adiar a aprovação de projectos de forma a não comprometer logo à partida o Plano Director . Consciente que a medida a curto prazo poderia prejudicar a cidade, optou-se então pela realização rápida do plano. O interesse académico em torno do plano é evidente como se prova pela solicitação da Escola Superior de Belas Artes do Porto em fazer uma exposição nas suas instalações,

 

De referir que o Edifício Torre não esta contemplado neste orçamento, prevendo-se que o terreno fosse vendido em hasta publica e a construção do edifício da responsabilidade do adquirente. O Engenheiro Edgar Cardoso vai realizar o estudo das novas pontes, e simultâneamente precede-se à compra e expropriações na rua dos Tavares, Rua dos Galitos, Largo de S. Brás e Praça Frederico Ulrich. Prevê-se a demolição do edifício da Capitânia, embora apenas para o ano de 1966 ...

 

É concedido à câmara municipal a exploração dos terrenos conhecidos por "ilhote do Côjo" através de dois ofícios da Repartição do Património da direcção-geral da Fazenda Publica e o outro da direcção de Finanças do Distrito de Aveiro. Só no ano de 1970 mais concretamente no dia 26 de Janeiro, o edificio-torre vai a haste publica, e as condições de venda referem que o projecto a realizar terá que ter em conta o estudo prévio, por forma a manter as características de "símbolo" Regional. Mantém-se o programa de Hotel, Restaurante, bar, escritórios e centro comercial .

 

O projecto vai ser entregue inicialmente ao arquitecto Fernando Távora, mais por ética manifestada pelos arquitectos a quem inicialmente o industrial tinha contactado, do que por exigência da Câmara Municipal. No entanto encontrando-se o proprietário do terreno ligado à "Profabril"- centro de estudos e projectos industriais - acabou por ser esta firma a fazer o projecto acabando o arquitecto Távora por cessar a sua colaboração, na execução do mesmo. Este incidente levou à demissão de um Arquitecto que trabalhava na Prófabril,

 

No entanto, dificuldades com as expropriações de terrenos e casas, levam a sucessivas interrupções das obras do arruamento e muros de suporte, que se prolongam até ao ano de 1974. Por esta altura solicita-se o pagamento das prestações em atraso pelo Sr. João Nunes Da Rocha, que em Abril deste ano se vê obrigado a deixar o pais, sendo a sua empresa entregue aos Operários. Só passados cinco anos, solicita informações ao Município sobre o anteprojecto, do qual nunca mais teve informações.

 

À época da fundação da nacionalidade, existia uma ampla laguna que se estendia desde o Carregal , em Ovar , até próximo de Mira. A laguna funcionou como receptáculo de várias bacias hidrográficas, de que hoje fazem parte os rios Antuã e Fontão a norte, e a sul, os rio Boco e Vouga de que à conhecimento ter chegado a desaguar em Alquerubim ( ) , bem mais a montante do local actual. Todos estes rios provocaram o cordão litoral que começou a formar-se ....

Páginas